Caruaru - Quinta-Feira, 03 de Setembro de 2015
GPCA divulga imagem com suspeita de rapto de bebê
15/11/2011

Do Folhape.com.br

 

A Gerência de Polícia da Criança e do Adolescente (GPCA) e a gerência do Hospital Barão de Lucena divulgaram, na madrugada desta terça-feira (15), as imagens da suspeita do rapto do bebê, nascido ontem (14). Imagens das câmeras do hospital registraram uma mulher com a criança, um menino, no colo, pelos corredores do hospital.  Ela teria chegado no horário de visitas.

Segundo o comissário de polícia, Carlos Guerra, a suspeita aproveitou um descuido da mãe, que foi ao banheiro, para colocar a criança em uma bolsa e passar pela vigilância. “Ela foi abordada mais uma vez por estar sem crachá. A vigilância avisou que ela não poderia retornar sem identificação. Na sequencia, fomos acionados pela médica-chefe do plantão para dar início às investigações”, afirmou. Na segunda advertência, quando a suspeita saía do hospital, ela já se encontrava com a criança na bolsa, mas ninguém percebeu.

A mãe do recém-nascido, Claudete Maria Fagundes, residente em Ponde dos Carvalhos, no Cabo, aguarda por notícias de seu terceiro filho, um menino.

O CASO

O bebê, nascido ontem (14) pela manhã, teria sido raptado por uma desconhecida. O caso chamou a atenção pela participação de outras pacientes, que passaram as informações através de bilhetes jogados pela janela do hospital.

A primeira, que se identificou e chegou a colocar o número de seu celular para ser contatada pelos jornalistas, afirmou por escrito e depois pessoalmente, que chegou a ver a suspeita. Segundo a sua versão, trata-se de uma mulher alta, loira e que vestia um vestido longo, azul. Ela teria aproveitado o descuido da mãe, que foi ao banheiro, e colocado o bebê dentro de uma bolsa, saindo em seguida pela porta principal do hospital sem levantar suspeitas e pego um táxi.

Outra paciente disse ter visto a mãe do bebê e que ela teria afirmado que uma mulher com as mesmas características descritas no bilhete da outra paciente teria levado a criança, que, ainda de acordo com a segunda testemunha, teria nascido de uma cesariana de alto risco.


Da Folha Digital, com informações de Ivison Menezes e Adúlcio Lucena, da editoria de Grande Recife

 

 

 


DEIXE SEU COMENTÁRIO

Sistema de Comunicação Liberdade
Copyright 2007/2015
Todos os direitos reservados

Dep. Comercial: (81) 2103-1180
Dep. Jornalismo: (81) 2103-1150

Rua da Conceição, 16/22, 2º Andar - Centro
CEP:55004-140 - CNPJ: 09.997.776/0001-00
Caruaru – PE

Quem é culpado pelo aumento da violência em Pernambuco?