Anvisa quer receita para tarja vermelha

08/08/2012 10:57:13

Da Folha de São Paulo,

O hábito de ir à farmácia e comprar remédios de tarja vermelha (como anticoncepcionais, anti-inflamatórios e drogas para hipertensão) sem apresentar a receita médica pode acabar.

A Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) pretende fechar o cerco às farmácias para fazer valer, na prática, a inscrição "vendido sob prescrição médica" impressa nas tarjas vermelhas. O alerta sinaliza a existência de contraindicações e risco de efeitos colaterais graves.

"Estamos preparando um esforço para informar as ações que as vigilâncias sanitárias devem fazer. Dizer a venda de medicamentos de tarja vermelha sem receita é uma infração sanitária de tal ordem e a penalidade é tal. Essa é uma cultura que tem de acabar", afirmou o diretor-presidente da Anvisa, Dirceu Barbano.

Segundo uma lei de 1977, a venda de medicamentos tarjados sem a prescrição sujeita o estabelecimento a advertências, multas, interdição e cassação de licença.

Mas, como a receita não fica retida nesse caso, é raro que a prescrição seja cobrada. A exigência de retenção de receita existe para drogas controladas (os que têm tarja preta) e, desde 2010, para os antibióticos.

Barbano afirma acreditar que é possível resolver a equação sem nova lei, apenas pela sensibilização das vigilâncias e farmácias.

Para Gustavo Gusso, professor de clínica geral da USP, é boa a ideia de exigir receita para remédios como o anticoncepcional, mas ele ressalva que no país há dificuldades de acesso a médicos que precisam ser superadas.



24/10/2014 [04:31:34]
• Veja as manchetes dos jornais desta sexta-feira (24)

23/10/2014 [14:15:49]
• Taxa de desemprego fica em 4,9% em setembro deste ano

23/10/2014 [04:40:18]
• Veja as manchetes dos jornais desta quinta-feira (23)

22/10/2014 [11:35:50]
• Tribunal treina servidores para entrevistar crianças abusadas sexualmente

22/10/2014 [10:32:01]
• Governo libera mais de R$ 7 milhões para Defesa Civil de sete cidades

22/10/2014 [07:11:48]
• Mega-Sena pode pagar R$ 50 milhões nesta quarta-feira

22/10/2014 [07:09:48]
• Mega-Sena pode pagar R$ 50 milhões nesta quarta-feira

22/10/2014 [05:02:45]
• Veja as manchetes dos jornais desta quarta-feira (22)

21/10/2014 [20:17:13]
• Policiais federais suspendem paralisação prevista para esta quarta

21/10/2014 [18:51:26]
• Acidente com veículo do Exército deixa 3 mortos na Fernão Dias em MG

Mais Vídeos

Copyright 2007/2012.
Rádios Liberdade AM e FM
Todos os direitos reservados.
Rua da Conceição, 16/22, 2º Andar - Centro
CEP:55004-140 - CNPJ: 09.997.776/0001-00
Caruaru – PE
Ideias Multimidia
Asserpe
Achei Caruaru