Caruaru - Terca-Feira, 01 de Setembro de 2015
Professores da UFPE e Rural rejeitam nova proposta do governo federal
Assembleias foram realizadas nesta quinta-feira, no Recife. Próxima rodada de negociação com o governo federal será no dia 1º.
27/07/2012

Do G1 PE

Depois de assembleias realizadas nesta quinta-feira (26), os professores da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE) e da Universidade Federal Rural de Pernambuco (UFRPE) resolveram rejeitar a nova proposta de reajuste encaminhada pelo governo federal, que estabelece aumento entre 25% e 45% para a categoria.

"Por unanimidade, a categoria entendeu que essa proposta era semelhante à anterior e não atendia o ponto principal, que é a reformulação na carreira", explica o professor do curso de engenharia cartográfica Jaime Mendonça, ex-presidente da Associação dos Docentes da UFPE (Adufepe). Segundo ele, 130 professores participaram da assembleia da UFPE.

De acordo com o professor, apenas cerca de 5% dos docentes da UFPE seriam beneficiados com o percentual máximo de aumento, que é de 45%. "Esse percentual só vale para os professores titulares", aponta.

No dia 1º de agosto, uma nova rodada de negociação acontece em Brasília, reunindo grevistas e representantes do governo federal.

 



DEIXE SEU COMENTÁRIO

Sistema de Comunicação Liberdade
Copyright 2007/2015
Todos os direitos reservados

Dep. Comercial: (81) 2103-1180
Dep. Jornalismo: (81) 2103-1150

Rua da Conceição, 16/22, 2º Andar - Centro
CEP:55004-140 - CNPJ: 09.997.776/0001-00
Caruaru – PE

Quem é culpado pelo aumento da violência em Pernambuco?