Liga Árabe cria comissão para investigar causa da morte de Arafat

23/07/2012 11:01:51

Da Agência Brasil

BRASÍLIA – A pedido da Autoridade Nacional Palestina (ANP), a Liga Árabe vai investigar a morte de Yasser Arafat, líder palestino, morto em 2004. Há suspeitas que ele tenha sido envenenado. O pedido de apuração é comandado pelo negociador palestino, Saeb Erekat. Pela Liga Árabe, as investigações serão conduzidas pelo secretário-geral do bloco, Nabil Al Arabi.

O presidente da ANP, Mahmoud Abbas, e a viúva de Arafat, Suha Arafat, concordaram com a exumação do corpo que está em um mausoléu, em Ramallah, na Cisjordânia. Arafat morreu, em novembro de 2004, aos 75 anos, com falência múltipla dos órgãos, depois de 13 dias internado no Hospital Militar Percy, em Clamart, na França.

Em comunicado, o comitê responsável pelas investigações informou que será criada uma comissão “independente e neutra”. A decisão de investigar a morte de Arafat foi tomada, depois que a emissora árabe de televisão Al Jazira mostrou uma reportagem em que abordava a existência de polônio 210, substância tóxica, nas roupas e objetos de Arafat, indicando elevada contaminação radioativa.

A reportagem da Al Jazira citou uma investigação, que durou nove meses, feita pelo Instituto de Radiofísica do Hospital Universitário de Lausanne, na Suíça. O instituto analisou a roupa, a escova de dente e o lenço palestino do dirigente.

Arafat se tornou uma espécie de símbolo das negociações entre palestinos e israelenses. Em 1993, ele participou do Acordo de Paz de Oslo ao lado do então presidente dos Estados Unidos, Bill Clinton, e do primeiro-ministro de Israel, Yitzhak Rabin, entre outras negociações históricas em busca do fim do impasse na região.



26/01/2015 [15:01:16]
• Papa Francisco faz convite e recebe transexual no Vaticano

25/01/2015 [11:10:16]
• Aviões que receberam ameaça de bomba pousam sob escolta nos EUA Comente

23/01/2015 [14:16:40]
• Sínodo da Família debaterá uniões homossexuais, diz cardeal

21/01/2015 [01:54:13]
• Indonésia rejeita clemência a outro brasileiro condenado à morte

19/01/2015 [01:58:29]
• Cinzas de brasileiro executado na Indonésia serão levadas para o Rio de Janeiro

19/01/2015 [01:52:08]
• Papa reúne recorde de seis milhões de pessoas em missa em Manila

17/01/2015 [17:11:35]
• Charlie Hebdo aumenta tiragem para 7 milhões de exemplares

17/01/2015 [17:08:16]
• Dilma Rousseff se diz indignada após execução de brasileiro

17/01/2015 [16:55:36]
• Condenado por tráfico na Indonésia, brasileiro Marco Archer é executado

16/01/2015 [17:56:38]
• Itamaraty diz que Brasil tem quase mil presos no exterior por tráfico de drogas

Mais Vídeos

Copyright 2007/2012.
Rádios Liberdade AM e FM
Todos os direitos reservados.
Rua da Conceição, 16/22, 2º Andar - Centro
CEP:55004-140 - CNPJ: 09.997.776/0001-00
Caruaru – PE
Ideias Multimidia
Asserpe
Achei Caruaru